Criatividade e a Física Computacional

equacoes-maxwell
                                                                         As 4 Equações de Maxwell .

Um dos grandes trunfos da Física foi a descoberta das ondas eletromagnéticas e o potencial aplicativo que este fênomeno possui. Ao longo dos últimos 70 anos – que é um período considerado curto em história da ciência, a Física trouxe uma enorme quantidade de aparelhos tecnológicos de diversos tipos, descritos e descobertos graças ao Eletromagnetismo. Desde o rádio à televisão, computadores e vídeo-games, a Física parece novamente (como disse em meu post “Covariância Galileana e a Transformação de Lorentz“) ser totalmente revelada e conhecida, faltando apenas algumas coisinhas aqui e ali. Ora, na época de James Clerk Maxwell (o indivíduo que descobriu as leis possíveis para que você leia esse texto agora), o mesmo pensamento rodeava a cabeça das pessoas. Mas aí que surge grande revolução, ferramentas conceituais e ideólogicas em termos de campos, vetores e fluxos baseadas no cálculo (como tudo na física), poderosissíma  na criação de bugigangas novas e elementos aparentemente ocultos dos nossos sentidos (o que seria a afirmação da carga elétrica ser análoga uma massa e o elétron a não ser de pura imaginação em pleno século XIX?) .

laboratorio_prisma_de_newton_001As teorias e experimentos realizados nessa época, feitos na sua maioria, “dentro de casa”, deram lugar para empresas multinacionais e bilionárias com  potentes processadores computacionais que  interpretam e coletam dados, mas de fato, não inovam. Já dissera o César Lattes  – nosso grande físico brasileiro, “os cientistas perderam a criatividade por causa dos computadores”. Muitos acreditam que a falta da incidência de insights fantástiscos como nos tempos de Newton e Maxwell deve-se à comodidade proporcionada pelos meios tecnólogicos e rápidos, onde o cientista não vê motivos e necessidade de gastar o seu tempo para resolver determinado problema de forma criativa e única. Problemas que são para a vida, o computador resolve em poucos segundos. Isso é ótimo, aliás. Graças essa quantidade de informação muito foi analisado estatísticamente, comprovado e armazenado. Mas e a teoria…onde está a teoria? A Relatividade, o Eletromagnetismo, ou até mesmo a descoberta das partículas elementares, não foram “paridas” desta maneira que vem  tornando-se cada vez mais comum nos Institutos de Física! A física é uma ciência incrível que nos faz refletir e pensar (sim!), e como dito por Kepler :

kepler“Não nos perguntamos qual o propósito dos pássaros cantarem, pois o canto é o seu prazer, uma vez que foram criados para cantar. Similarmente, não devemos perguntar porque a mente humana se inquieta com a extensão dos segredos dos céus… A diversidade do fenômeno da Natureza é tão vasta e os tesouros escondidos nos céus tão ricos, precisamente para que a mente humana nunca tenha falta de alimento.”

A Física era confundida com a Filosofia. Basta dizer mais?

=======================================================================

No meu próximo post irei discutir as Equações de Maxwell e algumas características das ondas eletromagnéticas.

Anúncios

Sobre Douglas Aleodin

Mestrando em Física pela Universidade Federal da Bahia.
Esse post foi publicado em Física, Física do dia-a-dia e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s