Luz por Isaac Newton

Desde a Grécia Antiga o homem tenta desvendar os mistérios da luz. Hoje, após diversas teorias e discussões abordando esse tema temos um conjunto de informações bastante sólido que teve sua real origem com as pesquisas do físico inglês Isaac Newton.

A luz de Newton

Para Newton a luz é uma partícula corpuscular. Essa é uma idéia que soa estranho, a princípio. É como se houvesse alguma ligação entre massa e luz. Questão 30, capítulo 3 – Opticks, Isaac Newton :

“Não são o corpo rígido e a luz conversíveis um em outro, e não podem os corpos receberem muito de sua atividade de particulas de luz que entram em sua composição?” – Newton.

Newton já deduzia filosoficamente a famosa equivalência massa-energia E=mc² de Henri Poincaré.

Luz corposcular propagando-se pelo espaço. Esboço.

Experimento do prisma


“Para cumprir minha promessa anterior, devo sem mais cerimônias adicionais informar-lhe que no começo do ano de 1666 (época que me dedicava a polir vidros óptico de formas diferente da esférica), obtive um prisma de vidro retangular para tentar observar com ele o celebre fenômeno das cores. Para este fim, tendo escurecido meu quarto e feito um pequeno buraco na minha janela para deixar passar uma quantidade conveniente de luz do Sol, coloquei o meu prisma em uma entrada para que ela [a luz] pudesse ser assim refratada para a parede oposta. Isso era inicialmente um divertimento muito prazeroso: ver todas as cores vividas e intensamente assim produzidas, mas depois de um tempo dedicando-me a considerá-las mais seriamente, fiquei surpreso por vê-las…”

Newton percebera que ao incidir a luz branca (solar) no prisma, havia uma projeção no lado oposto com cores que variavam do vermelho até o violeta. Esperto como é, analisou que a luz branca é um conjunto dessas outras cores. De algum modo, o prisma decompunha a luz branca em : vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, anil e violeta ( que são as cores do arco-íris ).

Essa descoberta abria novas portas para sua teoria corpuscular da luz.

Newton deduziu que as cores eram definidas pela distância de um corpúsculo ao outro. Ou seja, corpúsculos muito próximos caracterizavam uma cor, já corpúsculos distantes, outra cor, e assim por diante.

Para provar sua teoria de decomposição da luz branca ele criou mais um experimento:

Ao decompor a luz branca e colocando outro prisma de forma que refrate todo esse espectro de cores, Newton obteve novamente a luz branca.

Ele concluiu que no ar os corpúsculos de luz tinham a mesma velocidade, porém, ao “entrarem” no prisma, a velocidade seria diferente para cada cor, o que alteraria sua direção. Eu tive o cuidado de mostrar que a cor que possui o maior desvio é o violeta.

Por um certo tempo essa teoria foi aceita, não só pela sua lógica, mas também pelo status que Newton obteve com sua Gravitação Universal. Ela durou até chegar a hipotése da luz ser uma onda.

Apesar disso, ainda há contradições sobre as propriedades da luz. Alguns estudos recentes no Eletromagnetismo nos sugerem que Newton estava certo.

Anúncios

Sobre Douglas Aleodin

Mestrando em Física pela Universidade Federal da Bahia.
Esse post foi publicado em Física e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Luz por Isaac Newton

  1. Eu concordo com a idea do fisico isac newton ok vi na fisica e analise instrumental é tudo ok ele contou

  2. Euclydes Marques disse:

    Parabéns, Aleodin, por dar nome ao bois corretamente – refiro-me á equação m = mc2 que a quase totalidade dos estudiosos (incluindo físicos) atribuem a Albert Einstein quando, como v. escreveu, deve-se a Poincaré (assim como outros conceitos básicos da relatividade). É certo que Einstein foi um grande físico mas o estardalhaço que se faz ao redor do seu nome é algo exagerado …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s