Trajetória e Homem-Aranha

That’s Spider-man!

Pois bem, defini trajetória como o conjunto de posições que um determinado corpo ocupa no espaço no decorrer do tempo, mas o que isso tem a ver com o Homem-Aranha ali acima? Ora, tudo.

A trajetória do aracnídeo é retílinea e pode ser representada pelo gráfico que fiz a seguir :

Atenção : os intervalos de tempo são iguais e sucessivos.

Não liguem para o tamanho distorcido das “bolinhas”, fiz no paint, e não sou algum tipo de designer industrial  =).

Calma, não tem nenhum bicho de sete cabeças no gráfico. A primeira coisa que devemos reconhecer na trajetória do aracnídeo, e no gráfico, é o sentido da trajetória, ou seja, o sentido do movimento. O que isso significa? Bem, é para onde o Cabeça-de-Teia vai. Nitidamente ele parte da direita para a esquerda, e isso está representado em 1. Sendo :

0 – A origem dos espaços ( ou seja, sua posição inicial )

P1 = Posição ocupada pelo Aranha no tempo T1

P2 = Posição ocupada pelo Aranha no tempo T2

P3 = Posição ocupada pelo Aranha no tempo T3

P4= Posição ocupada pelo Aranha no tempo T4

OK! Esse foi o movimento do Aranha quando ele vai da direita para a esquerda.

Percebam que há uma seta depois de P4. Ela é quem determina o sentido da trajetória ( direita para esquerda ). Eu poderia orientá-la da esquerda para direita também, isso influenciaria apenas no sinal da variação da posição, irei demonstrar isso mais tarde.

Mas, peraí, o que significa o 2 ?

O 2 é quando o Aranha volta. É fácil identificar que ele está num movimento de vai e vem. Sendo que o T5 (tempo 5) é maior que o T4 (tempo 4). Veja, a posição P5 é anterior a P4, e a posição P6 é anterior a todas as outras posições. P6 é quando o Aranha volta a sua origem, ou seja, a sua posição inicial.

Basicamente, essa é a idéia da trajetória.

Curiosidade :

  • É fácil perceber que os intervalos entre uma posição e outra em 1 são menores do que em 2 . Porquê? Ora essa, notem que o Aranha no seu movimento da direita para a esquerda é lento. Ele ocupa diversas posições. Mas, da esquerda para direita ele sai de P4 vai para um P5 e  volta a origem com o mesmo intervalo de tempo gasto do P1 para P2, P2 para P3 e P3 para P4. Apesar do tempo ter sido igual, visivelmente o “salto” de P5 para P6 foi maior do que as das posições citadas anteriormente. Isso significa dizer que a velocidade do Aranha na ida é menor do que a da volta.

Pensem sobre isso e tentem relacionar com seu dia-dia…e prometo (ha, eu sei que tô enrolando), no próximo post…sem mais delongas, irei definir  velocidade.


Anúncios

Sobre Douglas Aleodin

Mestrando em Física pela Universidade Federal da Bahia.
Esse post foi publicado em Física e marcado , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Trajetória e Homem-Aranha

  1. Lucas silva disse:

    Olá, ta muito maneiro seu blog, parabéns!

    Dica: Ensine como resolver exercícios tbm, pois a maioria das pessoas até entendem a teoria, mas na hora da prática, fica difícil.

    • Douglas Aleodin disse:

      Vou fazer isso sim Lucas, aliás, esse é um dos fatores que desmotivam muita gente no estudo de Física. Entendem a teoria, mas na hora da prática, não conseguem desenvolver. Existem certos hábitos que acabam com esse problema. Vou falar sobre eles nos meus próximos posts! Valeu pelo comentário, conselhos são sempre bem-vindos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s